Tecnologia do Blogger.
RSS

You can replace this text by going to "Layout" and then "Page Elements" section. Edit " About "

Re: [Mar de Poesias] Todo mundo já teve que renunciar a algo na vida, faz parte de crescer, faz parte do viver enfim.

DANÇA DA NOITE

Delicadamente a brisa noturna desalinha meus cabelos
Enquanto danço as margens do rio
Um balé inebriante que traduz a loucura do teu cheiro
A sombra dos cristais limítrofes que nascem e morrem em mim
Ferida de morte vivendo na chama da vela noturna
Que prende teus sonhos na coreografia do desejo
Iluminando a escuridão poética do espaço
É preciso esquecer de pensar no alvorecer
Apenas para que a melodia das horas 
Testemunhem nosso sexo nesta dança insana
Renunciando o medo para experimentar o medo
Antes que a noite termine.

Gheysa Moura
 


Em 22 de julho de 2014 20:38, Jorge Costa <sollothesadman@gmail.com> escreveu:

                                                             RENUNCIAS

É meu o dom da palavra insana, o que eu canto só em mim sangra, ela nasce do vento e chega e me escraviza com seu canto maldito e a desejo mesmo assim

Verso bandido, que pulsa e germina e nasce de dentro e é todo rima que me rouba as madrugadas, onde as mentes inertes descansam e morrem sem mentir, sem sentir


Sou poeta, está em mim viver arrebatado, que não te cause espanto minha trova, nem te doa a ferida aberta pela palavra ferina a cortar como frio aço do punhal.
De fato o bardo tem que dizer o que lhe contam as estrelas

Se não cantasse o que sinto, uma rocha qualquer me amaldiçoaria. Sereno e maldito é para mim teu amor
Que te chegou nos tenros anos, mas te esqueceu na solidão da torre mais alta e amar-te  mesmo assim te condenaria a ser estátua de sal



Estranha loucura é o desconexo das palavras, Escrever até sangrar as mãos, que melhor sina que manchar meu papel em gritos roucos de um sentimento que explode até enlouquecer?


Mesmo que o futuro do amor seja acabar, relegado a distância de um sorriso triste eu e você, indenes Restamos nós, seres puros e vazios, pelas lágrimas vertidas


O cérebro ferve, não de pensar, todos me pensam louco parecem não querer que sol e lua se encontrem, nos dispersaram em distantes galáxias, nunca se pertencerão



Sublimes rompantes me assolam, h
á um dom e ninguém o pode controlar.
Lábios! Cantem a dor dessa
renúncia, renasça nas manhãs o menestrel,
na noite morra eu assim, sempre triste.
Mentindo alegrias que se tornem estrelas a enfeitar teu jard
im.


J.Sollo

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.



--
Gheysa Moura
(92) 8120-4711 (tim)
(92) 8429-6707 (claro)

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

[Mar de Poesias] Todo mundo já teve que renunciar a algo na vida, faz parte de crescer, faz parte do viver enfim.

                                                            

É meu o dom da palavra insana, o que eu canto só em mim sangra, ela nasce do vento e chega e me escraviza com seu canto maldito e a desejo mesmo assim

Verso bandido, que pulsa e germina e nasce de dentro e é todo rima que me rouba as madrugadas, onde as mentes inertes descansam e morrem sem mentir, sem sentir


Sou poeta, está em mim viver arrebatado, que não te cause espanto minha trova, nem te doa a ferida aberta pela palavra ferina a cortar como frio aço do punhal.
De fato o bardo tem que dizer o que lhe contam as estrelas

Se não cantasse o que sinto, uma rocha qualquer me amaldiçoaria. Sereno e maldito é para mim teu amor
Que te chegou nos tenros anos, mas te esqueceu na solidão da torre mais alta e amar-te  mesmo assim te condenaria a ser estátua de sal



Estranha loucura é o desconexo das palavras, Escrever até sangrar as mãos, que melhor sina que manchar meu papel em gritos roucos de um sentimento que explode até enlouquecer?


Mesmo que o futuro do amor seja acabar, relegado a distância de um sorriso triste eu e você, indenes Restamos nós, seres puros e vazios, pelas lágrimas vertidas


O cérebro ferve, não de pensar, todos me pensam louco parecem não querer que sol e lua se encontrem, nos dispersaram em distantes galáxias, nunca se pertencerão



Sublimes rompantes me assolam, h
á um dom e ninguém o pode controlar.
Lábios! Cantem a dor dessa
renúncia, renasça nas manhãs o menestrel,
na noite morra eu assim, sempre triste.
Mentindo alegrias que se tornem estrelas a enfeitar teu jard
im.


J.Sollo

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: [Mar de Poesias] Te busquei

Um grande poeta, sempre precisa ter uma resposta poética...
Beijos no seu coração também "Elfo"


Em 22 de julho de 2014 20:02, Jorge Costa <sollothesadman@gmail.com> escreveu:
Todo mundo comenta um poema, com algumas linhas e fala do que lhe toca o coração
Mas essa pessoa é incrível... sobre uma ideia que já parece finita totalmente explorada
ela consegue tirar inspiração da inspiração
Você é demais Gheysa Daniele, só você mesma que consegue esmiuçar minha sina
e dizer coisas que eu nem sabia pensar.


Beijo no coração  "Fada"

Em 21/07/2014 18:49, gheysa moura escreveu:
Ainda não havia amanhecido quando senti sua respiração
Delicadamente tocar minha pele na imensidão
O medo de acordar do sonho bom por vezes
Silenciou meus versos juvenis
Apenas para postergar o adeus...
Os caminhos cruzados entre as curvas metálicas
Nunca te afastei, sempre esperei...
Meus sonhos de menina e os sonhos de mulher
Se encontram na delicadeza do beijo teu
Como cristais de estrelas que enlouquecem
Meus cabelos recobrem o corpo Ébano
Sob a luz de vela no leito cético das horas
Nada além do segundo em que me torno 
Você para ser eu... 



Em 29 de junho de 2014 20:33, Jorge Costa <sollothesadman@gmail.com> escreveu:

                                TE BUSQUEI





http://sollothesadman.blogspot.com.br/2014/06/te-busquei-mariposa.html

Será que em inúteis caminhos vagam teus passos errantes
Ainda há o desejo de voltar a juventude dos anos idos
Brilhante, contas de furta-cor desenhei em mil corais matizados
Incansavelmente, te procurei a luz de velas queimando a tez
Anos a fio te busquei, desolado não pronto ainda pra teu adeus.

Ledo engano fosse, senão doesse em nós dois 
Em cada estrada te esperei aparecer com tua serena fronte
Nunca me afastei dessas esquinas onde esperei te ver
Inimaginável dor pela qual pranteei noites sem fim
Zilhões de estrelas perscrutei em vão amiúde
Em qual delas te esqueci? Deveras em alguma que ainda nascerá

Te ouvir o cantar, o respirar, te ver, simplesmente te esperar
E sempre saber que tua renúncia de nós, atinge a verve do meu existir

Brumas não dissipo mais, após você tudo é cinzento e frio
Um adeus breve e nada mais, o fenecer antes do ser 
Será que em outro tempo, outras vidas, outro sonho enfim...
Quisera ser eu: cético Senhor da Horas, a voltar o tempo por nós
Uma vez mais te amar, em teu corpo encontrar a paz.
Embevecido em teus cabelos, respirando o perfume que é só teu
Inimaginável felicidade te daria, por teu sorriso até meu próprio ser negaria

                     Por mil sonhos, mil eras te busquei

J.Sollo
--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.



--
Gheysa Moura
(92) 8120-4711 (tim)
(92) 8429-6707 (claro)
--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.



--
Gheysa Moura
(92) 8120-4711 (tim)
(92) 8429-6707 (claro)

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: [Mar de Poesias] Um novo vale - Jal Magalhães

J... você é uma graça!!! srsrsr


Em 22 de julho de 2014 19:51, Jorge Costa <sollothesadman@gmail.com> escreveu:
Ei... Jal você e a Gheysa querem mesmo é me matar do coração? Que é isso...cara!  Pô gente, senti até uma dor no coração, que só sente quem pode ser sensível.
Covardia de vocês, mas deixa que ainda vai ter troco.


Em 21/07/2014 12:19, janildes freitas escreveu:

Que belo,.Emocionante..,,querida poetisa....

Em 20/07/2014 00:45, "jalmagalhaes" <jalmagalhaes@bol.com.br> escreveu:
Um novo vale

Os vales em mim por caminhos de lágrimas,
transcendem à razão na qual não mais me apego.
Em Tua verdade, que me postas de pé, rasteja minh‘alma, que aparta a lamúria outrora vivente.
E, na pena esquecida, brotam saudades das desconhecidas verdades, de um amor que não era sabido e hoje transforma desde a profundidade. Nesta mesma pena, na qual tanto nasceram equívocos, hoje brota isenção de qualquer maldade.
Vales e sombras se afastam.
Eras, medida de tempo que transforma-se no Teu segundo de amor.
Mares que se evaporam para não mais afogar.
Amarras e gigantes interpelando o avesso da dor que hoje, efêmera, é quem chora, em sua solidão, pela falta de companhia.
Elohim, iluminando veredas dum‘alma que antes desfalecia, e hoje florece no que se via apenas um vale de ossos secos.

Jal Magalhães
20/07/2014

--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.
--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.



--
Gheysa Moura
(92) 8120-4711 (tim)
(92) 8429-6707 (claro)

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: [Mar de Poesias] Te busquei

Todo mundo comenta um poema, com algumas linhas e fala do que lhe toca o coração
Mas essa pessoa é incrível... sobre uma ideia que já parece finita totalmente explorada
ela consegue tirar inspiração da inspiração
Você é demais Gheysa Daniele, só você mesma que consegue esmiuçar minha sina
e dizer coisas que eu nem sabia pensar.


Beijo no coração  "Fada"

Em 21/07/2014 18:49, gheysa moura escreveu:
Ainda não havia amanhecido quando senti sua respiração
Delicadamente tocar minha pele na imensidão
O medo de acordar do sonho bom por vezes
Silenciou meus versos juvenis
Apenas para postergar o adeus...
Os caminhos cruzados entre as curvas metálicas
Nunca te afastei, sempre esperei...
Meus sonhos de menina e os sonhos de mulher
Se encontram na delicadeza do beijo teu
Como cristais de estrelas que enlouquecem
Meus cabelos recobrem o corpo Ébano
Sob a luz de vela no leito cético das horas
Nada além do segundo em que me torno 
Você para ser eu... 



Em 29 de junho de 2014 20:33, Jorge Costa <sollothesadman@gmail.com> escreveu:

                                TE BUSQUEI





http://sollothesadman.blogspot.com.br/2014/06/te-busquei-mariposa.html

Será que em inúteis caminhos vagam teus passos errantes
Ainda há o desejo de voltar a juventude dos anos idos
Brilhante, contas de furta-cor desenhei em mil corais matizados
Incansavelmente, te procurei a luz de velas queimando a tez
Anos a fio te busquei, desolado não pronto ainda pra teu adeus.

Ledo engano fosse, senão doesse em nós dois 
Em cada estrada te esperei aparecer com tua serena fronte
Nunca me afastei dessas esquinas onde esperei te ver
Inimaginável dor pela qual pranteei noites sem fim
Zilhões de estrelas perscrutei em vão amiúde
Em qual delas te esqueci? Deveras em alguma que ainda nascerá

Te ouvir o cantar, o respirar, te ver, simplesmente te esperar
E sempre saber que tua renúncia de nós, atinge a verve do meu existir

Brumas não dissipo mais, após você tudo é cinzento e frio
Um adeus breve e nada mais, o fenecer antes do ser 
Será que em outro tempo, outras vidas, outro sonho enfim...
Quisera ser eu: cético Senhor da Horas, a voltar o tempo por nós
Uma vez mais te amar, em teu corpo encontrar a paz.
Embevecido em teus cabelos, respirando o perfume que é só teu
Inimaginável felicidade te daria, por teu sorriso até meu próprio ser negaria

                     Por mil sonhos, mil eras te busquei

J.Sollo
--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.



--
Gheysa Moura
(92) 8120-4711 (tim)
(92) 8429-6707 (claro)
--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: [Mar de Poesias] Um novo vale - Jal Magalhães

Ei... Jal você e a Gheysa querem mesmo é me matar do coração? Que é isso...cara!  Pô gente, senti até uma dor no coração, que só sente quem pode ser sensível.
Covardia de vocês, mas deixa que ainda vai ter troco.


Em 21/07/2014 12:19, janildes freitas escreveu:

Que belo,.Emocionante..,,querida poetisa....

Em 20/07/2014 00:45, "jalmagalhaes" <jalmagalhaes@bol.com.br> escreveu:
Um novo vale

Os vales em mim por caminhos de lágrimas,
transcendem à razão na qual não mais me apego.
Em Tua verdade, que me postas de pé, rasteja minh'alma, que aparta a lamúria outrora vivente.
E, na pena esquecida, brotam saudades das desconhecidas verdades, de um amor que não era sabido e hoje transforma desde a profundidade. Nesta mesma pena, na qual tanto nasceram equívocos, hoje brota isenção de qualquer maldade.
Vales e sombras se afastam.
Eras, medida de tempo que transforma-se no Teu segundo de amor.
Mares que se evaporam para não mais afogar.
Amarras e gigantes interpelando o avesso da dor que hoje, efêmera, é quem chora, em sua solidão, pela falta de companhia.
Elohim, iluminando veredas dum'alma que antes desfalecia, e hoje florece no que se via apenas um vale de ossos secos.

Jal Magalhães
20/07/2014

--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.
--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: [Mar de Poesias] Te busquei

Ainda não havia amanhecido quando senti sua respiração
Delicadamente tocar minha pele na imensidão
O medo de acordar do sonho bom por vezes
Silenciou meus versos juvenis
Apenas para postergar o adeus...
Os caminhos cruzados entre as curvas metálicas
Nunca te afastei, sempre esperei...
Meus sonhos de menina e os sonhos de mulher
Se encontram na delicadeza do beijo teu
Como cristais de estrelas que enlouquecem
Meus cabelos recobrem o corpo Ébano
Sob a luz de vela no leito cético das horas
Nada além do segundo em que me torno 
Você para ser eu... 



Em 29 de junho de 2014 20:33, Jorge Costa <sollothesadman@gmail.com> escreveu:

                                TE BUSQUEI





http://sollothesadman.blogspot.com.br/2014/06/te-busquei-mariposa.html

Será que em inúteis caminhos vagam teus passos errantes
Ainda há o desejo de voltar a juventude dos anos idos
Brilhante, contas de furta-cor desenhei em mil corais matizados
Incansavelmente, te procurei a luz de velas queimando a tez
Anos a fio te busquei, desolado não pronto ainda pra teu adeus.

Ledo engano fosse, senão doesse em nós dois 
Em cada estrada te esperei aparecer com tua serena fronte
Nunca me afastei dessas esquinas onde esperei te ver
Inimaginável dor pela qual pranteei noites sem fim
Zilhões de estrelas perscrutei em vão amiúde
Em qual delas te esqueci? Deveras em alguma que ainda nascerá

Te ouvir o cantar, o respirar, te ver, simplesmente te esperar
E sempre saber que tua renúncia de nós, atinge a verve do meu existir

Brumas não dissipo mais, após você tudo é cinzento e frio
Um adeus breve e nada mais, o fenecer antes do ser 
Será que em outro tempo, outras vidas, outro sonho enfim...
Quisera ser eu: cético Senhor da Horas, a voltar o tempo por nós
Uma vez mais te amar, em teu corpo encontrar a paz.
Embevecido em teus cabelos, respirando o perfume que é só teu
Inimaginável felicidade te daria, por teu sorriso até meu próprio ser negaria

                     Por mil sonhos, mil eras te busquei

J.Sollo

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.



--
Gheysa Moura
(92) 8120-4711 (tim)
(92) 8429-6707 (claro)

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: [Mar de Poesias] Te busquei

Maravilosoo,...

Em 29/06/2014 20:34, "Jorge Costa" <sollothesadman@gmail.com> escreveu:

                                TE BUSQUEI





http://sollothesadman.blogspot.com.br/2014/06/te-busquei-mariposa.html

Será que em inúteis caminhos vagam teus passos errantes
Ainda há o desejo de voltar a juventude dos anos idos
Brilhante, contas de furta-cor desenhei em mil corais matizados
Incansavelmente, te procurei a luz de velas queimando a tez
Anos a fio te busquei, desolado não pronto ainda pra teu adeus.

Ledo engano fosse, senão doesse em nós dois 
Em cada estrada te esperei aparecer com tua serena fronte
Nunca me afastei dessas esquinas onde esperei te ver
Inimaginável dor pela qual pranteei noites sem fim
Zilhões de estrelas perscrutei em vão amiúde
Em qual delas te esqueci? Deveras em alguma que ainda nascerá

Te ouvir o cantar, o respirar, te ver, simplesmente te esperar
E sempre saber que tua renúncia de nós, atinge a verve do meu existir

Brumas não dissipo mais, após você tudo é cinzento e frio
Um adeus breve e nada mais, o fenecer antes do ser 
Será que em outro tempo, outras vidas, outro sonho enfim...
Quisera ser eu: cético Senhor da Horas, a voltar o tempo por nós
Uma vez mais te amar, em teu corpo encontrar a paz.
Embevecido em teus cabelos, respirando o perfume que é só teu
Inimaginável felicidade te daria, por teu sorriso até meu próprio ser negaria

                     Por mil sonhos, mil eras te busquei

J.Sollo

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: [Mar de Poesias] Seu Olhar

Obrigada mãe!!! Saudades de você e do meu irmão... beijos para o Rodolfo!!

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: [Mar de Poesias] Um novo vale - Jal Magalhães

Que belo,.Emocionante..,,querida poetisa....

Em 20/07/2014 00:45, "jalmagalhaes" <jalmagalhaes@bol.com.br> escreveu:
Um novo vale

Os vales em mim por caminhos de lágrimas,
transcendem à razão na qual não mais me apego.
Em Tua verdade, que me postas de pé, rasteja minh'alma, que aparta a lamúria outrora vivente.
E, na pena esquecida, brotam saudades das desconhecidas verdades, de um amor que não era sabido e hoje transforma desde a profundidade. Nesta mesma pena, na qual tanto nasceram equívocos, hoje brota isenção de qualquer maldade.
Vales e sombras se afastam.
Eras, medida de tempo que transforma-se no Teu segundo de amor.
Mares que se evaporam para não mais afogar.
Amarras e gigantes interpelando o avesso da dor que hoje, efêmera, é quem chora, em sua solidão, pela falta de companhia.
Elohim, iluminando veredas dum'alma que antes desfalecia, e hoje florece no que se via apenas um vale de ossos secos.

Jal Magalhães
20/07/2014

--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: [Mar de Poesias] Seu Olhar

Belo demaidss,minha querida poetisa.,,

Em 21/07/2014 10:54, "gheysa moura" <gheysa1@gmail.com> escreveu:
SEU OLHAR

Aqui diante da imensidão do tempo
Observando o olhar cristalino do amanhecer
Recordei o dia em que meu caminho encontrou o seu
O espaço deixou de existir com o aroma do entardecer
Vi o universo existir em seu olhar
Não resistir ao ímpeto de meus pensamentos
Naquele momento em que fui mais feliz
A utopia da verdade entre fios de algodão
Podia voar com os pés no chão...
As palavras encontraram rima
A tempestade se tornou brisa
Até me ver perdida no mercado de ilusões
A beleza de curvas disformes 
Perdida entre os dedos da loucura
Descrita em versos que existem apenas no seu olhar.

Gheysa Moura

--
Gheysa Moura
(92) 8120-4711 (tim)
(92) 8429-6707 (claro)

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

[Mar de Poesias] Seu Olhar

SEU OLHAR

Aqui diante da imensidão do tempo
Observando o olhar cristalino do amanhecer
Recordei o dia em que meu caminho encontrou o seu
O espaço deixou de existir com o aroma do entardecer
Vi o universo existir em seu olhar
Não resistir ao ímpeto de meus pensamentos
Naquele momento em que fui mais feliz
A utopia da verdade entre fios de algodão
Podia voar com os pés no chão...
As palavras encontraram rima
A tempestade se tornou brisa
Até me ver perdida no mercado de ilusões
A beleza de curvas disformes 
Perdida entre os dedos da loucura
Descrita em versos que existem apenas no seu olhar.

Gheysa Moura

--
Gheysa Moura
(92) 8120-4711 (tim)
(92) 8429-6707 (claro)

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

RE: divulgação da Noite Beat

obrigado Willer já recebi , estarei la ..presença confirmada 


From: cjwiller@uol.com.br
To: ocorpoeapoesia@yahoogrupos.com.br; poesiaecidade@yahoogrupos.com.br; oficinadepoesiacidades@yahoogrupos.com.br; poetasmalditos@googlegroups.com; oficina_literaria_IMS_2008@yahoogrupos.com.br; universodapoesia@googlegroups.com; oficina_literaria_biblioteca_2009@grupos.com.br; estudossurrealistas@yahoogrupos.com.br; Oficina_Surrealismo_2008@yahoogrupos.com.br; curso-geracao-beat@googlegroups.com; surrealismo-poetica-e-poesia@googlegroups.com; poetasmalditoswiller2010@yahoogrupos.com.br; oficinaliterariausp@googlegroups.com; Surrealismo2011@googlegroups.com; JazzoftheBeatGeneration@yahoogroups.com; litepoeticaerotica@googlegroups.com; oficina-literaria-willer@googlegroups.com; oficina-do-willer-sesc-2012@googlegroups.com; a-natureza-e-os-poetas@googlegroups.com; oficina-de-criacao-poetica@googlegroups.com; misticasdatransgressao@googlegroups.com; misticasdatransgressaoii@googlegroups.com; beat-e-contracultura-nov2012@googlegroups.com; poesia-em-prosa@googlegroups.com
Subject: divulgação da Noite Beat
Date: Fri, 18 Jul 2014 17:19:47 -0300

Meus caros,

Estou encaminhando divulgação da Noite Beat no Teatro Cemitério de Automóveis, na próxima quinta feira, dia 24.

Comemoração dos 30 anos da publicação da publicação da minha tradução de ‘Uivo e outros poemas’ de Allen Ginsberg:

http://claudiowiller.wordpress.com/2014/07/18/a-nova-noite-beat-no-teatro-cemiterio-de-automoveis/

Vamos nos ver ... !

abraços,

 

cjwiller@uol.com.br

claudiowiller.wordpress.com

 


--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Universo da poesia" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para universodapoesia+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para universodapoesia@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/universodapoesia.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

[Mar de Poesias] Um novo vale - Jal Magalhães

Um novo vale

Os vales em mim por caminhos de lágrimas,
transcendem à razão na qual não mais me apego.
Em Tua verdade, que me postas de pé, rasteja minh'alma, que aparta a lamúria outrora vivente.
E, na pena esquecida, brotam saudades das desconhecidas verdades, de um amor que não era sabido e hoje transforma desde a profundidade. Nesta mesma pena, na qual tanto nasceram equívocos, hoje brota isenção de qualquer maldade.
Vales e sombras se afastam.
Eras, medida de tempo que transforma-se no Teu segundo de amor.
Mares que se evaporam para não mais afogar.
Amarras e gigantes interpelando o avesso da dor que hoje, efêmera, é quem chora, em sua solidão, pela falta de companhia.
Elohim, iluminando veredas dum'alma que antes desfalecia, e hoje florece no que se via apenas um vale de ossos secos.

Jal Magalhães
20/07/2014

--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: [Mar de Poesias] Te busquei

Me deixou sem palavras. Sensacional!!!

&nbsp;
===============
___

De: sollothesadman@gmail.com
Enviada: Domingo, 29 de Junho de 2014 20:33
Para: mardepoesias@googlegroups.com
Assunto: [Mar de Poesias] Te busquei


TE BUSQUEI





http://sollothesadman.blogspot.com.br/2014/06/te-busquei-mariposa.html

S er&aacute; que em in&uacute;teis caminhos vagam teus passos errantes
A inda h&aacute; o desejo de voltar a juventude dos anos idos
B rilhante, contas de furta-cor desenhei em mil corais matizados
I ncansavelmente, te procurei a luz de velas queimando a tez
A nos a fio te busquei, desolado n&atilde;o pronto ainda pra teu adeus.

L edo engano fosse, sen&atilde;o doesse em n&oacute;s dois
E m cada estrada te esperei aparecer com tua serena fronte
N unca me afastei dessas esquinas onde esperei te ver
Inimagin&aacute;vel dor pela qual pranteei noites sem fim
Zilh&otilde;es de estrelas perscrutei em v&atilde;o ami&uacute;de
E m qual delas te esqueci? Deveras em alguma que ainda nascer&aacute;

T e ouvir o cantar, o respirar, te ver, simplesmente te esperar
E sempre saber que tua ren&uacute;ncia de n&oacute;s, atinge a verve do meu existir

B rumas n&atilde;o dissipo mais, ap&oacute;s voc&ecirc; tudo &eacute; cinzento e frio
U m adeus breve e nada mais, o fenecer antes do ser
S er&aacute; que em outro tempo, outras vidas, outro sonho enfim...
Q uisera ser eu: c&eacute;tico Senhor da Horas, a voltar o tempo por n&oacute;s
U ma vez mais te amar, em teu corpo encontrar a paz.
E mbevecido em teus cabelos, respirando o perfume que &eacute; s&oacute; teu
I nimagin&aacute;vel felicidade te daria, por teu sorriso at&eacute; meu pr&oacute;prio ser negaria

Por mil sonhos, mil eras te busquei

J.Sollo


--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com .
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com .
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.


--
Você está recebendo esta mensagem porque se inscreveu no grupo "Mar de Poesias" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para mardepoesias+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar neste grupo, envie um e-mail para mardepoesias@googlegroups.com.
Visite este grupo em http://groups.google.com/group/mardepoesias.
Para obter mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

divulgação da Noite Beat

Meus caros,

Estou encaminhando divulgação da Noite Beat no Teatro Cemitério de Automóveis, na próxima quinta feira, dia 24.

Comemoração dos 30 anos da publicação da publicação da minha tradução de ‘Uivo e outros poemas’ de Allen Ginsberg:

http://claudiowiller.wordpress.com/2014/07/18/a-nova-noite-beat-no-teatro-cemiterio-de-automoveis/

Vamos nos ver ... !

abraços,

 

cjwiller@uol.com.br

claudiowiller.wordpress.com

 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

PORQUE É AMOR - Paulo Roberto Gaefke - Repassando

BEGIN:VCARD
VERSION:2.1
N:;lulluzinha3midis
FN:lulluzinha3midis
EMAIL;PREF;INTERNET:em breve
REV:20140717T000352Z
END:VCARD

 

 

PORQUE É AMOR
Paulo Roberto Gaefke

Há dias em que nem nos reparamos, de tão preocupados com os outros. Há dias em que não nos encontramos, diante das dificuldades, por vezes fugimos, e para isso bebemos, fumamos, nos dopamos...

Há dias em que não nos entendemos, saímos de casa para falar sim, e no meio do nada dizemos não. Há dias em estamos insuportáveis, nem nós mesmos nos agüentamos.

São dias de cobranças de todas às partes, até de nossos entes mais queridos. Explodimos, gritamos, ficamos de mal...

Felizmente, há dias em que nos amamos, estamos de bem com as pessoas e com a vida, principalmente quando estamos apaixonados.

E assim, o dia de chuva tem seus encantos, o calor exagerado é perfeito, as pessoas chatas, são apenas pessoas chatas, os problemas são dificuldades que vamos resolver, a doença é apenas um dia de cama, a esperança é o nosso motor, o mundo tem flores, perfume e uma razão de ser, e nós, nós somos apenas a certeza de que amar é bom, de que a vida vale a pena em cada novo dia, porque o amor nos torna melhores, quase perfeitos, serenos, delicados, com um brilho no olhar que não esconde, antes, revela, porque é amor, o que temos de melhor, a infinita capacidade de amar e recomeçar, sempre!

 Eu acredito em você!
 
Música: "Clair de Lune" - ErnestoCortazar

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 
 

 
 

 
 

 
 

 
 

 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

meu novo curso, literatura e loucura

Olá

São 4 aulas, aos sábados, em agosto. Casa das Rosas abriu inscrições ontem (eu não estava sabendo) e hoje no começo da tarde já havia 30 inscritos. Mas organizam fila de espera. Enfim, convém que interessados entrem em contato. E vou postar algo no Facebook sobre mais instituições culturais se darem conta e me chamarem, já que existe essa demanda toda.

É este:

http://claudiowiller.wordpress.com/2014/07/16/meu-novo-curso-sobre-literatura-e-loucura-na-casa-das-rosas/

abraços,

 

cjwiller@uol.com.br

claudiowiller.wordpress.com

 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: só para testar se o grupo está funcionando

ok! Funcionando aqui


Em 12 de julho de 2014 16:33, Claudio Willer <cjwiller@uol.com.br> escreveu:

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Universo da poesia" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para universodapoesia+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para universodapoesia@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/universodapoesia.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Universo da poesia" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para universodapoesia+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para universodapoesia@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/universodapoesia.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

RE: só para testar se o grupo está funcionando


Ola, Pessoal, que bom que está funcionando, continuamos ativos aqui no universo da poesia, mandarei poemas novos para voces e associados. Boa tarde

From: weltonsousa@hotmail.com
To: universodapoesia@googlegroups.com
Subject: RE: só para testar se o grupo está funcionando
Date: Mon, 14 Jul 2014 12:40:43 -0300

funcionando...



From: cjwiller@uol.com.br
To: universodapoesia@googlegroups.com
Subject: só para testar se o grupo está funcionando
Date: Sat, 12 Jul 2014 16:33:50 -0300

 

 

cjwiller@uol.com.br

claudiowiller.wordpress.com

 


--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Universo da poesia" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para universodapoesia+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para universodapoesia@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/universodapoesia.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Universo da poesia" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para universodapoesia+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para universodapoesia@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/universodapoesia.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

RE: só para testar se o grupo está funcionando

funcionando...



From: cjwiller@uol.com.br
To: universodapoesia@googlegroups.com
Subject: só para testar se o grupo está funcionando
Date: Sat, 12 Jul 2014 16:33:50 -0300

 

 

cjwiller@uol.com.br

claudiowiller.wordpress.com

 


--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Universo da poesia" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para universodapoesia+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para universodapoesia@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/universodapoesia.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Trabalhos acadêmicos

Orientações em TCC, teses, dissertações, resenhas, resumos, artigos, projetos, digitação, formatação, correções ortográficas, avaliações, traduções, em trabalhos acadêmicos.

 

Contato: aprenderestudar@gmail.com

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Universo da poesia" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para universodapoesia+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para universodapoesia@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/universodapoesia.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

Re: só para testar se o grupo está funcionando

Sim! Em pleno vigor!
 




De: cjwiller@uol.com.br
Enviada: Sábado, 12 de Julho de 2014 16:33
Para: universodapoesia@googlegroups.com
Assunto: só para testar se o grupo está funcionando

 

 

cjwiller@uol.com.br

claudiowiller.wordpress.com

 

 

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Universo da poesia" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para universodapoesia+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para universodapoesia@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/universodapoesia.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

--
Você recebeu essa mensagem porque está inscrito no grupo quot;Universo da poesia" dos Grupos do Google.
Para cancelar inscrição nesse grupo e parar de receber e-mails dele, envie um e-mail para universodapoesia+unsubscribe@googlegroups.com.
Para postar nesse grupo, envie um e-mail para universodapoesia@googlegroups.com.
Acesse esse grupo em http://groups.google.com/group/universodapoesia.
Para mais opções, acesse https://groups.google.com/d/optout.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS